O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

IMPRIMA O JESUS CRISTO REI CLICANDO NA IMAGEM DO CENTRO.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 

MENSAGENS MENSAIS
Continuamos nosso ciclo de mensagens mensais a partir da mensagem de Junho de 2005 para nossos grupos de oração  e para reflexão pessoal.
 1 de Outubro de 2009
Jesus

Meus queridos filhos, eu estou com vocês. Eu velo de perto enquanto vocês lutam para obter a santidade. Muitas vezes, vocês não têm certeza de sua própria condição espiritual. Vocês se esforçam em servir, mas se sentem em conflito em razão dos tempos em que estão servindo. Há algumas coisas com que toda a humanidade lida, independentemente do lugar no tempo da história em que elas estão. Em primeiro lugar, haverá sempre uma diferença entre o caminho do mundo e o caminho do Céu. Estes dois caminhos, conquanto possam seguir um ao lado do outro em seu progresso, sempre se separam. Em última instância, cada homem terá que escolher. Cada homem, em maior ou menor grau, terá de lidar primeiramente com a escolha do bem sobre o mal e então ele terá que fazer outra escolha, que é a decisão de antepor o Meu plano para sua vida ao seu próprio plano de vida. Após isso, as escolhas terão que se tornar objeto de meditação cada vez mais profunda na qual o homem deverá escolher o Meu plano a cada dia, em cada tarefa e até mesmo a cada momento. Você pode dizer, querido apóstolo, que é algo muito difícil para um homem estudar suas ações em cada dia. Você pode dizer que isso é pedir muito. Você está certo. Eu, Jesus, estou pedindo muito de você. Eu peço o seu total empenho e o faço sem desculpas. Queridos Apóstolos, se vocês Me derem o seu comprometimento total, não há limite para o que eu possa fazer. Olhem para sua vida. Vocês disseram "sim" para Mim muitas vezes. Examinem o que Eu fiz com os seus "sins" de resposta. Considerem o que estou construindo com os compromissos de tantos filhos de Deus que estão dispostos a ser dirigidos pelo Salvador, o seu Rei. Eu estou construindo uma estrutura de amor. Eu estou construindo uma estrutura, através da qual, muitos estão voltando. Verdadeiramente, os seus corações abertos e cheios do Meu amor, atraem os outros. Vocês conseguirão que Eu seja bem-vindo por aqueles que se sentem apartados. Se eles puderem ser levados até os seus corações, mesmo que seja por um breve momento e gozarem a experiência de Mim, com Meu amor, então eles terão a coragem tanto de Me abordar diretamente quanto a de Me aceitar diretamente. Por favor, não leve em conta os sacrifícios quando você pensa no seu serviço. Não se deixe abalar pela perda de respeito do mundo. Leve em conta somente as almas que são confortadas e consoladas. Leve em conta o arrependimento e a cura de muitas pessoas que foram restauradas para a unidade com o Céu. Leve em conta a humildade que Eu concedi a você, querido apóstolo, desde que você começou a aprender a respeito da verdadeira santidade. Eu sou o seu Rei. Eu posso lhe dar qualquer coisa. Eu escolho lhe dar a paz e a santidade. Eu escolho fazer de você um servo resoluto. Aceite a Minha vontade em sua vida e então você vai ser capaz de aceitar todas as graças que o Céu tem reservadas para você.

 

Carta da Anne

24 de julho  de 2012

Queridos amigos e companheiros apóstolos
É com grande alegria que vos escrevo hoje. Estou escrevendo para dizer-lhes que a última mensagem mensal foi dada em agosto de 2012. Esta é uma boa notícia porque significa que Jesus nos deu tudo o que precisaremos para nossos grupos de oração.

"... Em ambos os lados do rio estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto a cada mês, e as folhas da árvore são para a cura das nações." (Ap 22:2)

Podemos ser tentados a sentir uma perda, porque nós certamente ansiávamos por  estas palavras com saudade a cada mês. Mas isso seria enxergar só o imediato. Em vez disso, devemos descansar no privilégio que tem sido o nosso em receber estas palavras, que irão dirigir e consolar apóstolos por muitos anos vindouros.
Além disso, se você é como eu, você vai reconhecer que cada mensagem é merecedora de muitas horas  de contemplação. Às vezes eu sentia que não dava suficiente atenção à mensagem do mês. Esta é a natureza humana, porém, e a graça que está presente renova-se a  cada vez que repousamos nas palavras. Vamos começar em setembro, com a primeira mensagem  de  setembro que recebemos e iniciar o que será uma rotação de sete anos de mensagens para leitura e contemplação a cada mês. Nós do DFOT vamos enviá-las como de costume.
Nós todos vamos estar lendo mensalmente  a mesma mensagem em todo o  mundo. Este é o desejo do Senhor e vamos ser fiéis a tudo o que Ele nos pede. Seremos um apostolado unido no amor, feito de pessoas que servem a Deus em todas as vocações e em todas as línguas. Na verdade, somente Deus poderia unir-nos como temos sido unidos.
Caros  apóstolos, há muito a ser feito para garantir a renovação com Jesus. Nós de  DFOT tentamos o nosso melhor para sermos fiéis ao chamado que Deus nos deu. Sem seu apoio isto teria sido impossível. Agora vamos embarcar juntos em  um novo tempo, muito provavelmente, mais ocupado. Temos muito a fazer para alcançar filhos de Deus com as palavras e graças que recebemos. Eu acredito que estes últimos anos foram o prelúdio da missão e acredito que a missão realmente começa agora.
Como parte de nossa obrigação de apostolado,  nos foram confiados três carismas. Um delas é a escuta compassiva. O segundo é ao mesmo tempo aprender e ensinar o Catecismo da Igreja Católica. O terceiro é promover a unidade dentro da Igreja. É uma coisa emocionante prever a forma como vamos avançar para esses objetivos de modo que vamos começar a considerar cada como é possível promover a vontade de Deus nesses assuntos.
Meus amigos, temos sido sempre calmos e gratos com o dom que Deus nos deu com estas palavras. Assim como nós aceitamos a primeira mensagem, vamos aceitar a última, com ações de graças. Devo dizer-lhes que eu não fiquei surpresa que as mensagens estavam terminando. Não há nada de errado. A conclusão destas mensagens mensais é a mesma dos  volumes concluídos. Nada está terminando. Uma tarefa é simplesmente terminou e agora temos de começar a usá-la tanto em um nível mais avançado quanto espalhá-las ainda mais. Nós temos as ferramentas para uma bênção extraordinária para a vida das pessoas de fé. Lembre-se da esperança e consolação que nos foram dadas a cada um por Cristo com estas palavras. Na verdade, muitos estão sedentos por essa consolação. Pessoalmente, sinto-me grata por ser uma católica neste momento e abençoada por fazer parte da renovação de Deus.
Eu prevejo que podem haver questões em torno disto e quero garantir a todos que tenho o prazer de responder qualquer coisa que eu puder. Por favor, escreva para o escritório ou ligue e vamos tirar suas dúvidas e respondê-las com outra carta. Além disso, eu estarei falando na Igreja de Sant’ Ana, em Bailieborough,   na primeira  quinta-feira de  setembro, se Deus quiser, e vou falar sobre o nosso futuro  apostolado.
Além disso, estou sendo veementemente exortada a comunicar-lhes que estamos vivendo nossa crise financeira anual. Por favor, considere entrar em contato com o escritório e nos ajudar. Nós realmente precisamos de angariar  fundos de ajuda e estamos formando uma equipe para esta finalidade.

Com amor de sua irmã,
Anne, uma apóstola leiga

* Nota do editor -. Anne não estará falando em agosto na reunião do Grupo de Oração em Bailieborough. Ela irá falar em setembro, se Deus quiser

 
Para visualizar as mensagens dos anos anteriores clique nos respectivos links abaixo.

2012 ---------2011--------2010--------2009--------2008--------2007--------2006--------2005/2004