Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

IMPRIMA O JESUS CRISTO REI CLICANDO NA IMAGEM DO CENTRO.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 

Mensagens Mensais
Além das mensagens da Quaresma, Jesus passará a Anne
mais 12 mensagens.
Abaixo estão a 1*) e a 2*) Mensagens da série de 12.

 

Filhos amados, sem a Igreja sua salvação fica muito difícil.

14 de maio de 2018

Jesus
"Minhas bênçãos chovem sobre a nossa Igreja na terra. Sempre, envio bênçãos da mais sublime e poderosa natureza. As graças enviadas através dos Sacramentos possuem o poder de curar e santificar de uma maneira absolutamente única para a pessoa que as recebe. Somente através dos Sacramentos uma pessoa pode receber diretamente o poder do Céu dessa forma.

Seria verdade que as pessoas não querem essas graças? Seria possível que alguma pessoa rejeitasse o que está disponível para ela nos sacramentos? Não. Não é que as pessoas entendam o que o Céu oferece e recusam. É mais correto dizer que as pessoas se esqueceram do poder dos Sacramentos e que foram levadas a acreditar que algumas são mais dignas dessas graças do que outras. Ninguém pode ser digno daquilo que Deus envia livremente. O homem é o destinatário da benevolência excepcional do Pai. O homem é o destinatário da esperança do Pai, não para um homem, mas para todos os homens criados por ele. Você entende?

Cada pessoa deve receber graças Sacramentais e crescer na fé. O Pai ama cada pessoa. Aceitar essa realidade é primordial para o crescimento, para o indivíduo e também para a Igreja Universal. Você recebe estas graças Sacramentais com fé? Você tem certeza do amor do Pai por você? Você aceita que o Pai deseja comunicar este mesmo amor a todas as pessoas que você encontra?

Amados filhos do único Pai, se as graças provinientes dos Sacramentos os estão levando a servir aos outros, então sei que vocês estão aceitando-as com uma disposição de humildade. Se você acredita que as graças provinientes dos Sacramentos estão levando você a criar divisão, então Eu sei que você está no caminho errado. Você também deve aceitar que está errado. Se você se recusa a aceitar que Meu objetivo é a unidade na Igreja, assim como o desenvolvimento constante na Igreja, então você deve se retirar das conversas sobre a Igreja, em vez de Me ofender pessoalmente, promovendo esforços voltados para a desunião. Esforços na divisão não são aprovados por Mim.

Leia estas palavras com cuidado. Eu estou com você enquanto você as lê. Desejo-lhe alegria, paz e amor ao longo de todos os dias da sua vida na terra. Eu quero que você confie em Mim, Jesus Cristo, para guiá-lo. Estou guiando você para a humildade e serviço e estou guiando a Minha Igreja à humildade e serviço. Estou guiando você a confiar que Minhas metas gerais para a Igreja estão em foco e que, se trabalharmos juntos, em harmonia, essas metas cruciais e oportunas serão alcançadas.

Retire-se de conversas ou ações que levam longe de Meus objetivos. Peço-lhe diretamente para trabalhar pela harmonia e unidade na Minha Igreja na terra. Eu estou pedindo-lhe para trabalhar Comigo ".

5 de abril de 2018

Jesus
"Eu estou olhando para a humanidade com um olhar de esperança. Quem vai Me ajudar? Essa é a pergunta que Eu faço em todos os momentos. Eu procuro incansavelmente pessoas que reconhecem Meu chamado à santidade. Há aqueles que servem a Igreja, mas eles esquecem que o chamado para a santidade vem antes do chamado para pregar a mensagem do Evangelho Quem vai Me ajudar? Eu faço essa pergunta e procuro aqueles que estão trabalhando para se tornarem mais santos a cada dia. Sem compromisso com a santidade pessoal, a capacidade de impacto das pessoas diminui.

A mensagem do Evangelho é convincente. Ela é atemporal. Ela é cheia de amor e esperança. Mas, Meus amados amigos, quando as pessoas relaxam seus esforços para se tornarem mais santas, perdem a força necessária para convencer os outros.

Você pode pensar que Meu chamado é injusto, dada a sua exigência de sacrifício pessoal. Você pode pensar que o custo a pagar é muito alto para você. Para permanecer fiel a Mim, você deve, às vezes, colocar você e seus planos pessoais em segundo plano e Meu plano em primeiro lugar Você não é diferente de nenhum outro seguidor em qualquer outro momento. Na terra, Eu coloquei o plano do Meu Pai acima dos Meus próprios desejos. Eu teria pedido uma experiência diferente para a Minha mãe? Você pensa que Eu queria que ela sofresse? Eu não queria que ela sofresse nada, nunca. Ela foi a maior alegria da Minha vida. Mas eu submeti Meus desejos humanos para ela ao plano eterno do Pai e ela queria isso para Mim. Ela queria a vontade do Pai para sua vida e para a Minha também. Você entende? Nós estávamos, ambos, dispostos a sacrificar o que era temporário para o que era eterno. Você deve estar disposto a fazer isso também. Eu não sofri sozinho no sentido de que ela me acompanhou até a Minha morte. Você também não sofre sozinho, no sentido de que estamos com você. Nossa mãe, Maria, deseja afirmar sua força feminina neste tempo. Ela também olha para a humanidade com um olhar de esperança. Quem vai ajudá-la? Quem vai Me ajudar? Essa é a pergunta que fazemos a você. Não contem o custo pessoal, Meus amigos, porque vocês serão recompensados muito além da sua capacidade de dar. Nós recompensamos cada um de vocês de maneiras sublimes. Eu tenho uma grande esperança para a humanidade e parte dessa esperança deve ser realizada através da Minha Igreja. Você Me ajudará a estabelecer e manter a unidade na Igreja? Você será uma pessoa que segue Meus passos? Com humildade? Você confia em Mim para proteger a Igreja e sua (dela) missão terrena? Eu estou perguntando diretamente a você. Você vai Me ajudar?

 
10 de Março de 2018
Jesus
O que Eu preciso das pessoas da Minha Igreja? Eu preciso de fidelidade. Muitos afirmam que são fiéis, mas fazem guerra à Igreja. Quando um inimigo chega diretamente à porta do lado de fora, o morador está preparado. Quando um inimigo emerge de dentro de sua casa, ele é mais vulnerável. Meus filhos, não quero que vocês se tornem um inimigo dentro do Meu lar terreno, a Igreja. Siga a liderança que organizei para você, com humildade e determinação, e você verá o Meu Espírito florescer de uma forma que seja ao mesmo tempo nova e atraente. Onde estão Meus amados filhos? Por que eles fogem da Nossa reunião? Sou Eu a causa? Eu mudei ou exigi que eles deixassem a Nossa Igreja? Não. Não sou Eu a causa. Eu assisti penalizado, como muitas pessoas fizeram crer que são de algum modo menos dignas do que as indignas, que não são bem-vindas ou não são aceitas por Mim. A verdade é que os pecadores não Me incomodam. Vocês são todos pecadores e todos são bem vindos. Quem está dirigindo os filhos de Deus em Nossa igreja? Faça a si mesmo essa pergunta e não aponte para o homem que escolhi para liderar a Minha Igreja. Ele está sob Meus cuidados e estou satisfeito por ele estar seguindo a Minha orientação. Você deseja discutir com o Espírito Santo através dele? Então você deve olhar para Mim e fazê-lo silenciosamente em oração. Talvez Eu possa ajudá-lo a ver que as pessoas em todas as assembléias são indignas. Deus não criou você para ser perfeitamente digno na terra, mas para ser amado e crescer sempre em santidade e felicidade. Você diria que toda pessoa começa no mesmo ponto? Você acredita que pode julgar? Você está tentando usurpar o Meu papel se você acredita nisso e também está prejudicando a Minha Igreja. Pare. Estou lhe pedindo para parar de ter a pretensão de que pode ocupar Meu lugar. Eu sou o juiz. Vocês são aqueles que serão julgados. Eu estou olhando profundamente em seu coração. Se você está dissuadindo as pessoas da crença e total confiança em Minha misericórdia, então peço-lhe que pare.  

 

Carta da Anne

24 de julho  de 2012

Queridos amigos e companheiros apóstolos
É com grande alegria que vos escrevo hoje. Estou escrevendo para dizer-lhes que a última mensagem mensal foi dada em agosto de 2012. Esta é uma boa notícia porque significa que Jesus nos deu tudo o que precisaremos para nossos grupos de oração.

"... Em ambos os lados do rio estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto a cada mês, e as folhas da árvore são para a cura das nações." (Ap 22:2)

Podemos ser tentados a sentir uma perda, porque nós certamente ansiávamos por  estas palavras com saudade a cada mês. Mas isso seria enxergar só o imediato. Em vez disso, devemos descansar no privilégio que tem sido o nosso em receber estas palavras, que irão dirigir e consolar apóstolos por muitos anos vindouros.
Além disso, se você é como eu, você vai reconhecer que cada mensagem é merecedora de muitas horas  de contemplação. Às vezes eu sentia que não dava suficiente atenção à mensagem do mês. Esta é a natureza humana, porém, e a graça que está presente renova-se a  cada vez que repousamos nas palavras. Vamos começar em setembro, com a primeira mensagem  de  setembro que recebemos e iniciar o que será uma rotação de sete anos de mensagens para leitura e contemplação a cada mês. Nós do DFOT vamos enviá-las como de costume.
Nós todos vamos estar lendo mensalmente  a mesma mensagem em todo o  mundo. Este é o desejo do Senhor e vamos ser fiéis a tudo o que Ele nos pede. Seremos um apostolado unido no amor, feito de pessoas que servem a Deus em todas as vocações e em todas as línguas. Na verdade, somente Deus poderia unir-nos como temos sido unidos.
Caros  apóstolos, há muito a ser feito para garantir a renovação com Jesus. Nós de  DFOT tentamos o nosso melhor para sermos fiéis ao chamado que Deus nos deu. Sem seu apoio isto teria sido impossível. Agora vamos embarcar juntos em  um novo tempo, muito provavelmente, mais ocupado. Temos muito a fazer para alcançar filhos de Deus com as palavras e graças que recebemos. Eu acredito que estes últimos anos foram o prelúdio da missão e acredito que a missão realmente começa agora.
Como parte de nossa obrigação de apostolado,  nos foram confiados três carismas. Um delas é a escuta compassiva. O segundo é ao mesmo tempo aprender e ensinar o Catecismo da Igreja Católica. O terceiro é promover a unidade dentro da Igreja. É uma coisa emocionante prever a forma como vamos avançar para esses objetivos de modo que vamos começar a considerar cada como é possível promover a vontade de Deus nesses assuntos.
Meus amigos, temos sido sempre calmos e gratos com o dom que Deus nos deu com estas palavras. Assim como nós aceitamos a primeira mensagem, vamos aceitar a última, com ações de graças. Devo dizer-lhes que eu não fiquei surpresa que as mensagens estavam terminando. Não há nada de errado. A conclusão destas mensagens mensais é a mesma dos  volumes concluídos. Nada está terminando. Uma tarefa é simplesmente terminou e agora temos de começar a usá-la tanto em um nível mais avançado quanto espalhá-las ainda mais. Nós temos as ferramentas para uma bênção extraordinária para a vida das pessoas de fé. Lembre-se da esperança e consolação que nos foram dadas a cada um por Cristo com estas palavras. Na verdade, muitos estão sedentos por essa consolação. Pessoalmente, sinto-me grata por ser uma católica neste momento e abençoada por fazer parte da renovação de Deus.
Eu prevejo que podem haver questões em torno disto e quero garantir a todos que tenho o prazer de responder qualquer coisa que eu puder. Por favor, escreva para o escritório ou ligue e vamos tirar suas dúvidas e respondê-las com outra carta. Além disso, eu estarei falando na Igreja de Sant’ Ana, em Bailieborough,   na primeira  quinta-feira de  setembro, se Deus quiser, e vou falar sobre o nosso futuro  apostolado.
Além disso, estou sendo veementemente exortada a comunicar-lhes que estamos vivendo nossa crise financeira anual. Por favor, considere entrar em contato com o escritório e nos ajudar. Nós realmente precisamos de angariar  fundos de ajuda e estamos formando uma equipe para esta finalidade.

Com amor de sua irmã,
Anne, uma apóstola leiga

* Nota do editor -. Anne não estará falando em agosto na reunião do Grupo de Oração em Bailieborough. Ela irá falar em setembro, se Deus quiser

 
 
Para visualizar as mensagens dos anos anteriores clique nos respectivos links abaixo.

2012 ---------2011--------2010--------2009--------2008--------2007--------2006--------2005/2004